setembro 23, 2015

O porquê do hiato de quase um ano, e tal.

Esse negócio de timidez é complicado. Eu sempre escondi muito bem e muitas pessoas não acreditam em mim quando eu digo que sou tímida. Acho que esse negócio de esconder sentimentos é uma "qualidade" minha que veio de fábrica, porque eu lembro de me esconder no cantinho pra chorar quando estava no maternal. Eu nunca gostei de demonstrar fraqueza, mesmo que eu me sinta perdida em muitos momentos, então eu trato de esconder a insegurança e voz trêmula bem lá no fundo e tudo o que as pessoas vêem por fora é minha expressão tranquila e voz compassada. Tô escrevendo isso pra dizer que manter o blog às vezes é difícil. Expôr meus sentimentos, pensamentos e débeis habilidades de escrita pra qualquer pessoa que tenha acesso à internet é meio assustador, e esse é um dos motivos pelos quais eu já deletei e bloqueei esse e outros blogs tantas vezes. Pouca gente sabe, mas além desse blog eu tenho um outro desde 2008 que nunca foi aberto à acessos (e jamais será).



É normal se perguntar então porquê eu ainda mantenho o blog se eu tenho assim tanta vergonha de me expor. O negócio é que eu sempre gostei de escrever, é algo que me acalma, me deixa feliz. Eu sempre gostei também de dar meu pitaco sobre as coisas e devanear sobre todo tipo de coisa, e nem sempre eu tenho ouvidos e paciências disponíveis pra me escutar, e sei lá, é algo que eu venho fazendo desde que eu tive acesso a um computador e internet (meu primeiro blog foi criado no livejournal em 2006 com um template da hello kitty). Por causa disso eu acho um pouco de disperdício e bobeira deixar de fazer algo que eu gosto por medo de julgamentos, de parecer tosca, de as pessoas acharem que eu escrevo mal.

Enfim. Acho que esse post explica o porquê da minha inconstância, né? :)